"A pressão" das mídias sociais.


Aquela POLÊMICAzinha …

Como sabem, estou amando escrever para vocês. E espero que assim como tenho treinado a escrita, que você esteja conectada comigo e treinando a leitura hehehe Te amo tlem!

Bem, esta semana, algumas pessoas /amigas do meio da dança , ou publicaram ou vieram me falar a respeito das mídias sociais e a “pressão” que elas geram.

Eu refletindo aqui , pensei em compartilhar esse texto para ajudar (a quem achar que é bem vinda a ajuda), a elucidar o funcionamento das mídias sociais. O texto vai servir tanto para alunxs quanto para professorxs.

Leitura média de 8 min.

Bora! Estou estudando as mídias sociais faz 5-6 anos. As mídias sociais fazem parte do estudo do marketing digital. Então para você entender melhor a tal pressão, é necessário começar do começo.

Marketing, em um significado mais tranquilo de se entender, são maneiras de comunicação utilizadas para estreitar a relação de uma empresa com seus possíveis clientes. No caso da dança: seria os mecanismos de comunicação que uma escola ou professor(a) encontra de se comunicar com suas alunas. Quando falamos “Marketing Digital” significa apenas que os mecanismos de comunicação que serão utilizados para estreitar essa conexão, são online. Ou seja na internet.

Aí que entra as tão amadas, quanto temidas, “mídias sociais”.

As mídias sociais, como o próprio nome já diz, são plataformas criadas para estreitar as relações humanas por meio da internet. Ou seja, o que uma carteiro a cavalo fazia a 50 anos, hoje uma mídia social faz em milésimos de segundos com um clique.

Agora que entra o pulo do gato.

As mídias a princípio (não vou citar nome para não ser bloqueado), foram criadas com esse objetivo; da socialização. Por isso o tal do “social” no nome. Masssss. Os criadores sacaram que elas também poderiam ser uma ótima ferramenta de distribuição de anúncios e uma maneira mais eficaz de estreitar essa relação do marketing. (empresa-cliente • cliente-empresa).

Eu particularmente acho que essa ideia já estava com eles desde os primeiros segundos de criação. Mas até aí eu faço a egípcia e finjo que só surgiu depois. hehehe

Quando eles tiveram essa sacada, abriram a possibilidade de perfis que não seriam de pessoas comuns, mas sim de empresas. Vulgo: páginas/perfil empresarial/cnpj/pessoa jurídica. (Cada plataforma chama de uma maneira diferente).

Só que para as empresas estarem alí, vejam que peculiar, elas deveriam pagar. Pois teriam acesso a ferramentas que estreitam a relação entre empresa -cliente, ou seja, ferramentas de marketing, e essas ferramentas, junto a milhares de pessoas que estão ali “disponíveis” na internet, isso deveria ter um preço.

Daí, surge a possibilidade então, das empresas, pagarem as plataformas para entregarem seu conteúdo para o maior número de pessoas que seu orçamento investido pode entregar. Os mecanismos de anúncios hoje estão tão sofisticados que é possível entregar anúncios apenas para quem tem iphone, ou apenas para mulheres de 35 a 45 anos, ou apenas para quem tem alto poder aquisitivo.

Daria para eu aprofundar aqui e só falarmos dos mecanismos de anúncios. Mas vou continuar o raciocínio.

Só uma obs: Professor de dança ou influencer, são considerados pessoas júridicas viu? Então nas diretrizes das plataformas é claro: para fazer venda, anúncios, ou anunciar cursos, você deve criar uma página e não utilizar um perfil pessoal. Jájá vai entender o porque estou falando isso.

Bem, aí acontece que muitas empresas pequenas, com baixo poder aquisitivo, o que inclui professorxs de dança, tiveram a brilhante ideia de usarem seus perfis pessoais para divulgar seus produtos e serviços. Ignorando o fato das diretrizes terem informado que ali não é o melhor lugar para propaganda. Mesmo assim, corremos lá, fazemos banners cheios de textos, fotos, ou vídeos com legendas claras que descrevem um produto, e postamos.

Aí veja bem, os caras e as minas criadorxs da plataforma pensam: Mano, o baguio é grátis para quem quer socializar aí o pessoal chega com o pé na porta e vai vendendo e não quer que a gente não ganha nada? (to fazendo o advogado do diabo, pq eu mesmo se fosse o criador eu ficaria puto)

Seria como eu dar uma aula experimental e a pessoa ao chegar na aula experimental gratuita abrisse uma mala e começasse a vender qualquer coisa.. rsrsrs

Bem, como as minas da tecnologia e os caras são super inteligentes (Há boatos que são marcianos , greys e reptilianos) rsrs Elxs desenvolveram o tal do ALGORITMO. O algoritmo nada mais é que uma inteligência artificial que está de olho no funcionamento do comportamento de todos nas mídias, para que haja sempre atualizações que agradem tanto as pessoas físicas como as jurídicas. E que administram todas as contas para que todos que usufruem da plataforma estejam seguindo as diretrizes.

É o algoritmo que não entrega seu conteúdo se ele identificar: Vídeos promocionais sem investimento na plataforma, banners com quantidade de texto que evidenciam um anúncio, palavrões escritos em legendas, gestos obscenos, ou até mesmo quando você fala sobre o que está acontecendo no mundo agora.

Mas também é o algoritmo que entrega seu conteúdo para as pessoas que sempre te curtem, comentam ou compartilham seus posts. É ele que mostra as histórias pra quem sempre te assiste. Ou é ele que identifica quem está te seguindo, ou inscreveu em seu canal e ativou o famoso sininho, sinalizando que quer receber sempre o seu conteúdo.

Ou seja, se você estudar e entender o algoritmo, vai perceber que ele só quer que você siga as diretrizes. E elas se resumem em : Se você é pessoa física, tenha uma relação na plataforma de pessoa física, se é jurídica , abra uma conta jurídica. Respeite a todos, inclusive a plataforma. Que por sinal é gratuita para você. Mas que se quiser vender algo, queremos participar do seu lucro.

Contudoooooo. O povo também é esperto. Logo descobrimos sempre maneiras de encontrar como o algoritmo está funcionando para burlar o investimento nas plataformas.

Por exemplo, descobrimos que quando há constância na produção de conteúdos em diferentes mecanismos da mesma plataforma, o algoritmo te entende como um “produtor de conteúdo”. E ele quer que você jamais abandone a plataforma, pois sendo um criador de conteúdo, você também faz com que outras pessoas não abandonem a plataforma. O que é ótimo para as empresas que vão investir nos anúncios. É daí que surge a tal da “pressão”. (A gente já volta nela)

Essa maneira de burlar o sistema é chamada de : Alcance orgânico.

O alcance orgânico, nada mais é, que você trabalhar dentro das diretrizes, usufruindo o máximo possível sem investir. Trabalhando no fluxo do algoritmo. Com esse pensamento em mente, as pessoas que trabalham nas mídias sociais pelo orgânico, precisam te pedir: Curta, comente, compartilhe. Pois essa é uma das maneiras que o algoritmo entregará mais seu conteúdo. ( Ele entende que você é um criador de conteúdo, lembra?)

Então, quando optamos para trabalhar com as mídias sociais sem nenhum investimento, temos que ter em mente, que estamos trabalhando fora das diretrizes da plataforma . E por isso sempre temos que encontrar as brechas e estar atualizados como o algoritmo funciona.

Para ter resultados no orgânico sendo um “perfil pirata”. Você vai ter que:

-postar todos os dias -postar conteúdos relevantes -não postar banners ou vídeos promocionais -Pedir sempre que curtam, comentem e compartilhem. -Manter sua audiência conectada com você e seu conteúdo. Entre outras coisinhas mais.

Então, vira uma obrigação, ou melhor, um trabalho mesmo. Onde exigirá muito tempo e estudo de atualização do algoritmo da mídia que você escolheu trabalhar clandestinamente. hehehehe

Masss, às vezes as empresas ou prestadores de serviços querem estar em múltiplas plataformas e aí que mora o perigo de você ficar vítima e preso pelos algoritmos. E se você não entende que cada plataforma tem sua maneira de funcionar, o seu próprio algoritmo, você irá usar estratégias de uma em outra, e irá se frustrar. Porque? O funcionamento é diferente.

Veja bem! O que é bom termos clareza e lucidez, é que sempre somos avisados de como a plataforma e o algoritmo funcionam. Até as notificações nos enviam . Em outras palavras, eles nos dizem.

Olha se você está aqui para socializar,siga as diretrizes de pessoa física, mas se está para vender, siga as diretrizes de pessoa jurídica. Se não seguir , há punições.

As punições são: Não entregam seu conteúdo. Bloqueiam vídeos que contenham músicas com direitos autorais. Em alguns casos até suspendem a conta.

Ahhh Lukas, eu nunca vi essas diretrizes! Já sim colega! Não faz a palmeira não. Todos sabemos que todas as plataformas no final de todas as páginas possuem as diretrizes, políticas e também a central de ajuda, que na maioria das vezes disponibiliza até cursos de como a plataforma funciona. A gente não lê. Mas ao abrir a conta, eles colocam: Você está de acordo com as diretrizes e políticas da plataforma. Você assinala sim, sem ler … rsrsrssrsrs (Verdade escorpiônica)

Então, pra finalizar… A tal da pressão, é uma escolha nossa. Pois ninguém está pressionando a gente, a abrir contas em plataformas e aburlar as diretrizes. Verdade seja dita.

E pra resolver esse problema, basta se perguntar antes de abrir uma conta: Para que eu quero estar nessa plataforma/mídia social. Se a resposta for socializar, ou seja, um contato pessoal. Já sabe que há limitações. Se for profissional, já sabe que precisa desembolsar uma graninha . E quanto mais desembolsar uma graninha mais retorno terá. E aí você não precisará postar todos os dias, ou não precisará estar nos stories todos os dias, também em alguns casos, nem precisará ter conteúdos relevantes. Pois entra a a regra do : Pagou? Entregou. hhehehe Se você paga, a plataforma entrega. heheheh

Mas eu sei, vamos continuar tentando seguir o fluxo do algoritmo. Então é bom termos em mente: Há um preço a ser pago. E ele pode ser mais caro, do que 30 reais por semana.

Gente, eu compartilho esse texto, com o objetivo de passar um conhecimento que demorei muiiiiitooo tempo para adquirir e entender. E diria até aceitar.

Não é treta com ninguém, não é cutucada com ninguém e não é indireta para ninguém .

Inclusive se alguém quiser trocar uma ideia. Estou a disposição.

Se seguirmos o Jísus Craisti nos ensinou, a vida fica mais fácil: Procure a verdade e a verdade vos libertará.

Em outras palavras: Não faz o(a) preguiçoso(a)! Vai atrás de conhecimento, porque ele liberta.

Um mega beijo! E um excelente dia para todxs.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo